Why Edinburgh is a Magic City?


Always have an escape plan.

Going to Edinburgh is almost the same as travelling in time. It has a je ne sais quoi of magic. The only slight difference is just the fact that there is no horses around but horse powers and people dress differently from those days. I didn’t see the king or the queen either. What a lovely surprise it was wondering around the streets and get lost in the narrow streets.

There are some interesting facts about this city, otherwise wouldn’t be so mystical! So did you know that J.K. Rowling wrote some of the Harry Potter in a cafe of the city? She got so much inspiration on the city through the landscapes that she applied on locations and characters! The castle for example, sits on an extinct volcano! Wow, right? And on the Great Hall of the same castle there is a small window high above the fireplace that allowed castle residents to eavesdrop on conversations taking place in the Great Hall. Previously I’ve already heard about this city but never had the chance visit and wanted to keep my expectations low so I wouldn’t disappoint myself. But even if I’d put them up, this time I think it wouldn’t be a disappointment.

The day started as the usual, getting off the train that brought me from the previous city, which was Glasgow and grab a snack to go. The goal was to get to the castle on top the hill to appreciate the views and still be on time for the last tour of the day. Although I think we appreciate them so much on the way that once we arrive to the castle, the last tour was already started. So in the end I lost the tour and the chance to visit the castle inside but someone told me that it’s worth it to take a full morning or afternoon to visit because the museum inside is super interesting! So if you head there, make sure you take some proper time to e explore.

With this there was only one plan that came through my mind: the hunt for food and an open restaurant in the middle of the afternoon! So now, between the wandering in the streets I also had a mission to find food. The Dome was the restaurant I ended up bumping into it and what a lovely surprise it was! Was calm, cozy and warm! At this point I was already a block of ice myself so couldn’t had arrived in a better timing! The food was delicious and to sum up the day some cocktails were drank before dinner, under the excuse I could warmer up faster!

See you on our next affair. XOXO, Sara.

Tem sempre um plano B.

//Ir até Edimburgo é quase o mesmo que viajar no tempo. Tem um je ne sais quoi de magia. A única diferença é que não há cavalos pela rua mas carros. As pessoas também se vestem de uma forma diferente daqueles dias e não me ocorreu ver por lá nenhum rei ou rainha. Que surpresa agradável que foi passear por estas ruas incríveis e perder-me pelas ruelas.Existem alguns fatores de interesse acerca desta cidade, de outra forma não teria tanto mistério, certo? Então, sabiam que a autora J.K. Rowling escreveu alguma parte do Harry Potter num dos cafés? Sentiu-se tão inspirada que se baseou nas paisagens e na cidade em si para as localizações e personagens do livro. O castelo, por exemplo, foi contruído em cima de um vulcão desativado! Brutal, certo? Ainda acerca do mesmo, no Grande Salão, por cima da lareira existe uma pequena janela que permitia os residentes do castelo, a ouvirem as conversas mais privadas que ocorriam no Salão. Já tinha ouvido falar desta cidade e nunca tinha tido ainda a oportunidade de a visitar, por isso quis manter as minhas expectativas baixas para não me desapontar. Mas mesmo que as tivesse colocado altas, acho que, desta vez, não me iria desapontar.O dia começou como de costume. A saltar fora do comboio que me trouxe da cidade anterior, onde eu estava a ficar, Glasgow e a apanhar um lanchinho para comer a caminho. O objetivo do dia era chegar ao castelo no topo da colina ainda a tempo de conseguir entrar na última tour e desfrutar das vistas. Mas acho que as vistas foram tão aproveitadas no caminho que quando lá chegamos, a tour já tinha começado! No fim, perdi a oportunidade de chegar a realizar essa tour mas alguém depois me disse que mais valia ir um outro dia, com tempo para se gastar lá dentro, pois parece que o museu é muito interessante! Por isso, caso estejam a planear ir até lá, lembrem-se de ir com tempo para poder explorar sem pressas.Com este pequeno percalço, veio-me imediatamente à mente um novo plano: ir à caça de um restaurante aberto a meio da tarde! Agora para além de passear pelas ruas, tinha também o plano de encontrar comida. The Dome foi o restaurante que acabei por encontrar - depois de pedir umas recomendações – e que bela surpresa que foi! O ambiente era calmo, acolhedor e estava quentinho! Neste momento toda eu já tinha virado um bloco de gelo por isso não podia ter chegado numa melhor altura! A comida estava deliciosa e para sumarizar, digamos que me comecei a aquecer com uns cocktails antes do jantar ser servido! Não poderia ter encontrado melhor sítio!

Vemo-nos no nosso próximo encontro. Beijinhos, Sara.


RECENT POSTS
THE
  • White Instagram Icon
  • White Facebook Icon
  • White Pinterest Icon
  • White Yelp Icon
  • mail-logo-white

All rights reserved. © 2019 THE Saraffair.