A Guide to St. Lucia - Part II: Chasing Waterfalls & Best Hikes


The most worthy waterfalls and the easiest hike.

Hello lovely people! Welcome back to my guide to St. Lucia part II! I hope you find the previous guide informative and also helpful. Please do let me know if you’ve any questions for me regarding that, I’m more than happy to help you.

This is a second guide that it’s gonna complement the previous one and if you put all info I’m giving it to you, you’ll have pretty much from the South part of the island covered! If you’re more nature connected and seeking for the best views on your vacation, you will find this guide more attractive! However, if you just wanna have a break from the beach days and still get a bit more in touch with nature, this is also a guide for you. Let’s start!

Diamond Fall:

This waterfall is located at the beautiful botanical garden, among so many different types of plants and trees that the way to it is super mesmerizing! Diamond fall is called like this because they run the stream out of the volcano. Yes, there is a volcano on the island (since as I already mention before it’s a volcanic island, I meant it, ahah)! The waters that bubble into it are sulfuric and therefore, they’re also very healthy for any skin. Down on the volcano you can access the mud and sulfuric baths and have a pamper afternoon with an open air spa! We did and our skin was incredibly soft afterwards. So this waterfall is where all the water that is in that area passes through before hit the ocean! That is why is called diamond fall because of it’s surroundings being gold’ish (let’s say I found it more orange’ish) due to the minerals that the water contain. You might not be able to go for a swim in this fall but you’ve the sulfuric baths around 10min distance by car!

Toraille Fall:

This for me was the prettiest fall, maybe because was the least popular and of course, with less tourists. We had this day in collaboration with Saint Lucia Travel and Tours and they told us this was a waterfall that usually only local people know. It’s higher than the previous and the water was pouring fiercely from the top that was almost all covered by vegetation. So once you look up, looks like the water starts to fall from an illuminated whole (because of the light), it’s interesting. Here swimming it’s allowed and it feels very refreshing, it’s like a natural pool. The access is pretty easy, if you can get connection, all the locations are easy to find on the GPS.

Petit & Gros Pitons Hike:

Here things warm up a little bit!! (like a lot!) Unfortunately we didn’t manage to fit some extra time for one of these hikes because they require way more time (and physical effort also) since the gros piton takes about two hours hours to hike and the petit piton about four to five hours!! - and I still would recommend you the petit piton hike. Don’t underestimate these damn pitons! Some parts are literally made of climbing, which I think takes the whole experience to another level but you need to have a guide with you on these ones. It is mandatory, on the check point before you start hiking, they won’t let you continue further without a guide that will cost you proximity 50USD pp (yap, I thought the same). Most of the times these two hikes are done by the dom, usually they start going up around 4AM. So if you’re planning on doing it I encourage you to do it with a good sleep and good shoes! After that, just enjoy!

Tete Paul Hike:

This was the hike that had a better fit with our schedule, so we decided to take this one instead. I wouldn’t even call it a hike because for me is more just like a walk. The level of difficulty is none (at least for me was none) and takes about 15min in a very slow pace, stopping every view point for a couple pictures and explanation of the surroundings. It’s a very pleasant “walk” to do and don’t let yourself fool if you thinking that just because it’s a small one, the views will be bad. As you can see on my pictures, the views where equally bad ass! You might just need to check the weather, or infect just cross fingers for a clean weather (since in this island the weather is a rollercoaster)!

This was basically all we’ve done this vacation combines of course with some relaxation days or afternoons around the South part of the island. Again, don’t compare Saint Lucia with other islands such as the Bahamas in the Caribbean because it’s completely different! Way more tropical and it has it’s own beauty! Make sure you plan your trip with time so you can maybe get some early bird flight tickets, otherwise they will be expensive.

Hope was as useful as the previous guide and again, let me know if you need any other info, either on the comments or by message! :)

See you on our next affair. Sara, XOXO.

As cascatas que mais valem a pena e a trilha mais fácil.

//Olá meus amores! Bem-vindos à segunda parte do meu guia de Sta Lucia! Espero que tenham achado o primeiro guia informativo e útil. Caso ainda tenham algumas dúvidas acerca disso, estou mais do que feliz em responder e ajudar.

Isto é um segundo guia que vai funcionar de complemento ao primeiro e caso decidam juntar a informação toda que vos dei até agora, têm basicamente a parte Sul da ilha toda coberta! Caso sejam do tipo amante da natureza e valorizem mais andar à caça da melhor vista na ilha, vão achar este guia mais apelativo. Por outro lado, caso sintam que precisam de um intervalo dos dias de praia e piscina, também vão sentir que este guia é para vocês. Por isso, vamos lá começar!

Cascata Diamond:

Esta cascata é localizada no lindo e precioso jardim botânico, entre tantas outras plantas e flores como eu nunca vi na vida! Isso torna o caminho para a cascata uma coisa de outro mundo, imperdível aos olhos de quem necessita de ver um pouco de verde e vegetação às vezes! Esta cascata é chamada de diamante pela sua característica das suas águas serem repletas de minerais provenientes do vulcão da ilha. Sim, há um vulcão na ilha (como já tinha mencionado anteriormente, é uma ilha vulcânica e há um vulcão na ilha, ahah)! As bolhas que borbulham nele são sulfúricas e por isso a água tem imensas qualidades para a pele. A um nível abaixo do vulcão pode-se aceder aos banhos dessa água e da lama gerada e ter uma tarde num spa ao ar livre! Nós fizemos essa experiência e a nossa pele ficou super macia! Um mergulho nesta cascata, infelizmente não é possível, mas os banhos sulfúricos encontram-se apenas a cerca de 10min de distância de carro!

Cascata Toraille:

Para mim esta foi a cascata mais bonita e interessante. Talvez porque é a menos popular e por isso, claro, com menos turistas chatos à volta. Partilhamos este dia em colaboração com a agência Saint Lucia Travel and Tours e eles disseram-nos que, geralmente, só as pessoas da ilha é que conhecem esta cascata. É mais alta do que a anterior que vos falei e a água estava a cair lá do alto com uma potência de impressionar. Lá do alto a cascata tem tanta vegetação à sua volta que quando se olha para cima parece que a água cai de um buraco iluminado (por causa da luz) e é interessante de se ficar a olhar. Aqui os banhos são permitidos e bastante refrescantes, como se estivéssemos numa piscina natural! Os acessos são muito fáceis, caso consigam ter conexão, tudo o que precisarão é de inserir o nome no GPS.

Trilha de Petit e Gros Pitons:

Aqui as coisas aquecem um bocadinho mais! (a favor!) infelizmente não conseguimos encaixar nenhum do nosso tempo para nenhuma destas trilhas porque elas requerem muito mais tempo (e esforço físico também) uma vez que a trilha do gros piton demora cerca de duas horas e a do petit piton cerca de quatro a cinco horas!! - mesmo assim recomendo a petit piton. Não pensem que estes pitons são pêra doce! Algumas partes são literalmente para escalar, o que acho que eleva a experiência a um nível brutal mas é preciso o acompanhamento de um guia nestas trilhas. É mandatário, até mesmo nos pontos de subida, antes de começar a trilha, eles não vos vão deixar prosseguir sem um guia, que custa à volta de 50 dólares americanos por pessoa (yap, pensei o mesmo, estupidez). A maioria destas trilhas são começadas pela madrugada, geralmente eles começam as subidas às 4 da manhã. Por isso e estão a planear fazer uma delas ou as duas, eu diria para terem uma boa noite de sono para irem bem descansados e com energia e uns bons ténis! Depois disto, é só aproveitar!

Trilha de Tete Paul:

Esta foi a trilha que melhor se encaixava no nosso tempo disponível, por isso decidimos fazer esta. Nem a chamaria de trilha, para mim aquilo é mais uma caminhada do que outra coisa. O nível de dificuldade é zero (pelo menos para mim não foi nada difícil) e demora mais ou menos 15min a ser realizada, mesmo a passo lento, parando em todos os miradouros para tirar fotos e falar sobre as coisas que estão à volta. É uma caminhada muito aprazível e não se deixem enganar por só por ser uma caminhada leve não quer dizer que não terão uma boa vista para apreciar. Como podem ver pelas minhas fotografias, as vistas são igualmente bonitas! Talvez convenha só verificar a previsão do tempo ou apenas cruzar os dedos para apanharem o tempo limpo (uma vez que naquela ilha as previsões do tempo são uma autêntica roleta russa)!

Isto foi, literalmente, tudo o que eu fiz nas minhas férias, combinando sempre uns tempinhos de relaxamento à beira da praia ou da piscina. Uma vez mais, não vale a pena comparar Saint Lucia com outras ilhas das caraíbas tipo Bahamas porque é completamente diferente! Muito mais tropical e com a sua própria beleza! Tenham a certeza que conseguem planear a viagem com tempo a modo de conseguirem alguns bilhetes de avião mais baratos, ou então será caro.

Espero que este guia tenha sido tão útil como o anterior e uma vez mais, caso precisem de qualquer outro tipo de informação, estou disponível à distância de um comentário ou uma mensagem! :)

Vemos-nos no nosso próximo encontro. Beijinhos, Sara.


RECENT POSTS
THE
  • White Instagram Icon
  • White Facebook Icon
  • White Pinterest Icon
  • White Yelp Icon
  • mail-logo-white

All rights reserved. © 2019 THE Saraffair.