Masti - Where the World Meets in One Dish

"The only thing I like better than talking about food is eating."

Masti Dubai. I love when a restaurant is able to fascinate me in different ways or for different reasons. Going to Masti is like doing a world trip around the many cuisines and having an Indian inspired cuisine as background on every dish. All this in one night! The decor is fenomenal and gave me straight away feelings of the old Mughal-British era in India. Everything is very colorful and your eyes will pop at any corner that was thoughtful chosen! The waitresses are also dressed to the occasion, in indian-western clothes, and you feel very welcomed. From the moment your enter the door, until they pass you onto the next server and so on until the final destination: the table. It’s a lively place, with talented staff and where the twisted flavors will make you want to come back! Let’s start this food trip!?

//Masti Dubai. Adoro quando um restaurante é capaz de me fascinar de diferentes maneiras ou por diferentes motivos. Ir ao Masti é a mesma coisa que fazer uma viagem à volta das diferentes cozinhas no mundo, tendo sempre a inspiração da cozinha Indiana por trás de cada prato. Tudo isto numa noite! A decoração é extraordinária e assim eu entrei senti aquela vibe da era antiga na Índia do Mughal-Britânico. Aqui tudo é muito rico em cor e os olhos saltam à vista a cada canto, cuidadosamente elaborado! Os empregados também estão vestidos à ocasião, em uniformes do oeste-indiano e eles fazem qualquer cliente sentir-se muito bem-vindo. Desde o momento em que se entra na porta, até que eles nos passam até ao próximo empregado que assim nos leva ao nosso destino final: a mesa. É um sítio cheio de vida, com uma equipa com muito potencial e onde os sabores torcidos e com um toque especial, farão qualquer um voltar! Vamos começar esta viagem em torno da comida?!

Drinks:

The majestic gin you seeing above belongs to a very special list of gins they have in house! This is actually the only restaurant in Dubai (up to date) that has a whole new special room just for different gins. They’re more than 100 and I’m pretty sure if you don’t like gin, you’ll start to love! This was my selection from the Gin Cocktails list where they incorporated a little fun into their serves by adding either cresses, flowers, leaves, teas, spices or micro herbs. As a person full of energy I went for the Electric India, which was consisting of bloom, honeycomb, pomelo caviar, elderflower tonic (which gave the subtil taste I loved it) and also a curious little flower called seychaun button. The funny thing about it was presented by the manager who suggested me to give a small bite on the flower and then have a sip! Oh dear! That was MAGIC, the effect that the flower brings to the experience just opens the whole palate and gives it sparkles all around the mouth! I think was definitely the electric feeling!

//O gin majestoso que vocês vêm acima pertence a uma lista de gins muito especial que eles dispõem no restaurante! Este é de facto o único restaurante no Dubai (até à data) que tem uma toda uma sala especial com a seleção de gins. São mais de 100 e tenho a certeza que se vocês não são apreciadores de gin, vão passar a sê-lo! Esta foi a minha seleção da lista de Cocktails de Gin onde eles incorporaram nas suas porções produtos como o agrião, flores, folhas, chás, especiarias e outros itens como micro ervas. Como pessoa cheia de energia que sou, fui para o Electric India que consistia de uma pequena flor, favos de mel, caviar de pomelo e tónico de flor antiga (que para mim deu o gosto subtil ao cocktail que eu tanto gostei). A parte mágica deste cocktail residia na micro flor que pairava no topo do caviar, chamada botão de seychaun. O facto curioso acerca dele foi-me apresentado pelo manager do restaurante que ao trazer a bebida, sugeriu que eu desse uma pequena dentada na flor e depois desse um trago na bebida e esperasse a reação! Oh! Aquilo foi como MAGIA, o efeito que a flor traz à experiência é super engraçado! Abre o palato todo e deu-me a sensação de ter a boca a picar mas num bom sentido! Algo como nunca tinha sentido antes e acho que foi definitivamente a sensação de eletricidade que dá o nome ao cocktail!

Cold Appetizers:

With the cold starters on the table and with another cocktail in hand, that in case was a mocktail (without alchool) and a tremendously delicious one - almost like dessert but not too sweet! - we start another chapter! It was called “Not your Average Lassy” and was made with salted caramel ice cream, yogurt, pineapple, coconut and gold flakes. By this for sure you’re either dreaming about the fluffy consistency or the amazing taste of all these ingredients combined and you’re right! Because it was YUMMY!!

I also had the Edamame Chaat (front central in the picture) with frozen yogurt cracker and tadka labneh! It was crunchy and so tasty! As second starter I’ve had the Mango & Avocado Ceviche in a aam panna and a crispy plantain! Again the presence of the crispiness to play with our senses and the refreshing taste of the aam panna that has its own characteristic and remarkable taste. I already knew this flavor and was also a lover, so for me was a perfect fit to integrate all these ingredients in one dish!

//Já com as entradas frias à frente e com outro cocktail em mão, que no caso era um mocktail (portanto sem álcool) e super delicioso – quase como uma sobremesa, mas não muito doce! – começamos outro capítulo da nossa viagem de comida! Chamava-se “Not your Average Lassy” e era feito com gelado de caramelo salgado, iogurte, ananás, coco e flocos dourados. Com isto ou vocês estão de momento a sonhar com a consistência fofinha, ou com o sabor divinal destes ingredientes todos combinados! E estão certos porque era YUMMY!!

Também provei o Edamame Chaat (à frente no centro da fotografia) com bolacha crocante gelada e tadka labneh! Era tão crocante e divertido de mastigar, mas ao mesmo tempo super saboroso! Como segunda entrada provei o Ceviche de Mango e Abacate no molho de aam panna e com batatas fritas de banana-da-terra! De novo a presença do crocante nos pratos, para brincar com os nossos sentidos para além do palato e da visão e o sabor refrescante do aam panna que tem o seu sabor característico e memorável. Eu já conhecia este sabor e era uma adepta desde o dia em que o provei, por isso para mim foi a combinação perfeita conjugar todos os ingredientes num prato!

Hot Appetizers:

If I had to choose a favorite I couldn’t, I really appreciate a cold starter but my mouth also melts for a hot one… - that’s what you get from loving food too much, I guess! - On the table I was presented with a very tender Yellow Pepper Roasted Fish (on the left side of the picture), made of a tandoor halibut and finger lime. I could see that was a real well made integration of the colors, around all the restaurant theme. They’re not only present when you enter the restaurant but they kept on playing with you along the meal. On the center of the picture are these beautiful and amazing pulled Tandoori Chicken Bao! My mouth was watering only by seeing them driving to the table and wasn’t in vain! The bao was perfectly grilled and the chicken had a tamarind glaze that made me go to the skies at the first bite! The sauce was not overwhelming the rest and the texture of the bao was on point! I always have so much fun eating baos! The next appetizer were the slow cooked Lamb Croquette. This was probably one of my favorite starters but I’m crazy about croquettes so this was my weak point! They’re well done, crispiness was on point, not oily at all and the wasabi sauce was giving that extra punch next to the lamb flavor from the meat. They also used kashmiri spices and creamed english peas that give to these meatballs the perfect texture. Delish!

//Se tivesse de escolher uma preferida não conseguiria, gosto muito de uma entrada fria mas a minha boa também se derrete com uma boa entrada quente... – acho que isso é o que acontece com quem gosta muito de comida! – Na mesa fui presenteada com um Peixe Assado em Pimenta Amarelo muito tenro (lado esquerdo na fotografia), sendo um linguado com molho tandoor e limão caviar. Denotei uma atenção especial à integração das cores no tema do restaurante, não apenas quando entrei, mas também à medida que os pratos vinham chegando à mesa. No centro da imagem estão estes lindos Bao’s de Frango Tandoori! A minha boca ficou logo a salivar só de vê-los a chegar à mesa e não foi em vão! O pão estava perfeitamente grelhado e o frango tinha um molho de tamarindo que me fez ir aos céus depois da primeira dentada! O molho não estava a omitir o resto do sabor do frango e do pão e por isso estava feito no ponto! Divirto-me sempre imenso a comer Bao’s por causa da textura, adoro! A próxima entrada que experimentei era os Croquetes de Cordeiro. Estes foram talvez uma das minhas entradas preferidas, mas eu sou louca por croquetes (apesar de não os comer constantemente), por isso eram o meu ponto fraco! Estavam bem concebidos, estaladiços e não estavam oleosos. O molho de wasabi atribuiu aquele puxão para o sabor no geral e fez uma ponte magnifica entre a carne e o restante. Também foram usadas especiarias kashmiri e um creme de ervilhas inglesas que dava a este prato a textura perfeita quanto comido tudo junto. Delish!

Mains:

Oh Em Geee! If you’re a fan of lasagna and if you’re also a fan of panner (and even if you don’t know this yet, you must try - fresh indian cheese), you will dream of this lasagna! Looked like it came from the goddesses of food! This Saag Panner Lasagna is then made with compressed cheese, coconut lime sauce and on the side there were some beautiful truffled smashed potatoes! It’s a combo to die for and when I smelled the truffled I found myself in heaven! I mean, who doesn’t like truffled stuff right?!

//Oh Meu Deusss! Se já são fãs de lasanha e se também são fãs de panner (e se não sabes o que isto é, tens de provar – um tipo de queijo fresco indiano), então vão sonhar com esta lasanha! Pareceu que veio diretamente dos deuses da comida! Esta lasanha de Saag Panner é feita com quejo comprimido, molho de coco e lima e de acompanhamento trazia umas batatas assadas com trufa! Foi uma combinação perfeita e quando cheirei as trufas fiquei logo no paraíso! Quer dizer, quem não gosta de qualquer coisa com trufa, não é?!

To finished the night (and also because I couldn’t have one more bite of anything.., except dessert because there is always room for it, ahah) these cute Kheema popsicles they’re not only good looking but they’re also so tasty! It was fun to eat hem due to their quinoa crunchy crust, the herb dip was giving it a fresh feeling and as side they came with cheese naan! If I thought I couldn’t eat nothing more, when I heard the word naan my body found strength to try a piece! Was so crispy! The kheema (or minced meat) requires you to be a fan of strong flavors meats, which I am not. Although I recognize that this was made on point!

//Para terminar a noite (e também porque não conseguia trincar absolutamente mais nada..., exceto sobremesa, porque há sempre espaço para sobremesa, ahah), estes engraçados “gelados” de Kheema, não são apenas bem-parecidos, como também deliciosos! Foi super divertido comê-los por causa da crosta de quinoa que os cobria e o molho de picar de ervas apurava o sabor da carne e como acompanhamento trouxeram naan de queijo! Se eu pensava que não conseguia comer nada mais, quando vi o naan, o meu corpo ganhou forças para provar um bocadinho! E estava tão crocante! A Kheema (ou carne picada) é especialmente boa para pessoas que têm o gosto por carnes de sabor forte desenvolvidos, o que não é o meu caso. Contudo, reconheço que isto estava feito à medida!

Dessert:

Well, well, well… Guess who made it until this point? Yap, I did! And I’m proud of it! Also thanks to my will I manage to try this beautiful thing called Lotus Tiramisu made with white chocolate and in a bed of basundi saffron! Was to die for! I love when a dessert is not way too sweet so I can easily manage to finish it! Ahaha! Just because I’ve seen and tried a lot of desserts that have the Lotus biscuit influence on and they always ended up being too sugary. The consistency was soft but then the crunch of the biscuit was perfect! Well done and also very out of the box dessert thinking!

//Bom, bom, bom... Adivinhem quem chegou até este ponto? Yap, eu! E estou muito orgulhosa! Também mais devido à minha vontade de comer do que propriamente fome, consegui reunir as condições necessárias para experimentar esta delícia de sobremesa chamada Tiramisu de Biscoito de Lotus! Feito com chocolate branco e numa cama de açafrão de basundi, era de morrer e chorar por mais! Amo quando uma sobremesa não é muito doce, para eu a conseguir comer sempre um pouco mais! Ahaha! Só porque eu já provei imensas sobremesas que têm de base o biscoito de Lotus e sempre as achei muito açucaradas. A consistência desta era macia mas depois o crocante do biscoito veio quebrar tudo e dar alguma diversão à coisa! Muito bem pensado e sobremesa bem executada!

See you on our next affair. Sara, XOXO.

//Vemo-nos no nosso próximo encontro. Beijinhos, Sara.


RECENT POSTS
THE
  • White Instagram Icon
  • White Facebook Icon
  • White Pinterest Icon
  • White Yelp Icon
  • mail-logo-white

All rights reserved. © 2019 THE Saraffair.