Australia Trip - Part III: The Grampians, Great Ocean Road and more


Aussie Guide - Somewhere between Adelaide and Melbourne

Pink Lake:

It was on my way to the Grampians National Park that after a few hours of some driving out of Adelaide and about 2hs before reaching the Grampians that I saw a sight saying “Pink Lake 100KM”. Being bored of doing countless kilometres on the road, we decided that would be a curious random stop to make it and check the lake out - none we knew that would be so worth it!

After a few moments, there we were. In this beautiful open area (full of flies though) about to go and do some random exploration. This place for me became even more incredible for the fact that came on the way without any search or any plan. We flew the drone over just to double check what we were seeing from distance and the answer was obvious!: we had to make our way down to the open field and explore that pinkness.

So if you would ask me exactly where it is, this time I can’t give you any coordinates but the directions are either from Melbourne or from Adelaide, on the A1 road, you’ll find it.

Grampians National Park:

So here I was. At this majestic park with about 167.219 hectares with my plan in end but without a place to sleep yet. - despite the fact that was already almost mid night. But don’t worry, if you can’t make it on cottage or a camping park, there’s plenty of open air parks in the middle of the forest that you can just park and camp, without a booking, without a gate. For the last minute occasions or just for the more adventurous or even maybe for the ones that have a proper camping van or caravan that doesn’t need to be connected to power that night.

My advice is to make your list of the sights you wanna see during the time you will be on the park and the hikes you wanna make. There is, effectively, a lot to wander and a lot to explore! Some people stay up to one week in the park region but I manage to make it in one day by using the car more often for distances between sights. Some people might tell you that you need a tour to check it but I strongly recommend not to do it and just make it at your own way and your own pace and time.

Halls Gap, its gonna be your town, where you can find a market and also some restaurants and all necessities. My to go place for breakfast was, for the two mornings I was there, the Livefast Cafe. I strongly recommend it for healthy food and delicious coffee, I had some eggs in one morning and on the next one - when was still cold in the AM - had a pumpkin porridge that was to die for! So my list consisted on the following sights:

- Hike to Boroka Peak

- Check the MacKenzie Waterfalls

- Reed Lookout

- Pinnacle

- The Balconies

I didn’t feel that I missed out something specific, of course everything was done in a pretty pace. However, I would have maybe stayed a second day to pace down all the hikes and don’t feel I need to rush down to get onto the next one soon. - also because in the end of the day, what we hiked in kilometres was pretty crazy, ahah!

Great Ocean Road:

This one here… Wow! Lets say its another one out of the Australian bucket list! I couldn’t complete a road trip without having this specific scenic road done! From the Grampians was about a 3hr drive. So we wake up early enough to have some time on the most common points and to finish the day by Kennett River region, in preparation for the next morning hunt!

Let me say that I never thought that the GOR could be so full of tourists.., don’t ask me why, never thought in my mind. Only when I realised was weekend and it was an absolute scenic thing then started to make sense to me, ahaha!

I checked:

- The Loch and Gorge

- The 12 Apostles

- The Gibson Steps

- Apollo Bay

By the end of the day, we planned to sleep in the area of Kennett River because of the small morning hike to find out wild Koalas and interact with the special Melbourne birds. Our goal was to wake up early enough to see all this before the tour buses arrive and the place would be full of tourists. Success, we made it! Very patiently, I manage to spot three koalas on the trees along the Kennet River road! All you need for this activity is some good weather, good vision and a lot of patience! Have fun and try to do it before it gets too crowded - the perception can be really different. We started around 9AM and it was fine.

After this, a few more hours on the road were awaiting us and the biggest slice of the road trip would be nearly over here. There was some hours done in Sydney on the car but nothing like before. Melbourne will be the next destination, where we ate our way out! Let me know if you need any extra info and see you on my next post in Melbourne!

See you on our next affair. XOXO, Sara.

//Guia da Austrália - Algures entre Adelaide e Melbourne

Lago Cor de Rosa:

Foi a caminho do Parque Nacional dos Grampians e depois de algumas horas a conduzir na saída de Adelaide, que quando faltavam 2hr para chegar ao parque, vimos um sinal na estrada que dizia “Lago Cor de Rosa 100KM”. Ora, ao fim de tantas horas já meio aborrecidos de ver sempre a mesma estrada (quase) reta, decidimos que seria uma boa altura para parar e ver como seria aquele lago. - nenhum de nós pensou que valesse tanto a pena!

A seguir a alguns momentos (e mais uns quilômetros), lá estávamos. Nesta area a céu aberto (também cheia de moscas) e quase a caminho de ir explorar aquela zona ao calhas. Este sitio, no fundo, acho que se tornou mais incrível para mim porque veio no meio do nada, sem qualquer planeamento. Decidimos colocar o drone no ar para ver melhor a área que vimos a uma distância e a resposta foi óbvia!: sim, tínhamos de nos pôr a caminho daquela mancha cor de rosa que via-mos lá ao longe.

Portanto, se me perguntarem exactamente onde é este lago, desta vez não vos sou capazes de dar coordenadas, mas as direções são, quer vindo de Melbourne, quer de Adelaide, na estrada A1, vão encontra-lo.

Parque Nacional dos Grampians:

Aqui estava eu. Neste parque majestoso de cerca de 167.219 hectares, com o meu plano na mão, mas sem um sítio para dormir. - apesar do facto quase ser meia-noite. Mas não se preocupem caso não consigam marcar nenhuma cabana ou chegar a horas de entrar num parque de campismo, com muita facilidade encontram muitos parques selvagens no meio da floresta. Onde podem apenas parar o carro e dormir ou acampar, uma solução mais viável e sem causar grandes dores de cabeça. Algo para quem não tem nada reservado, para os mais aventurosos, para quem tem uma carrinha ou então para quem tem uma auto-caravana própria que não precise de ficar ligada à tomada nessa noite.

O meu conselho é fazerem uma lista dos sítios que querem ver durante o tempo que vão estar pelo parque e das caminhadas que têm em mente realizar. Há, efectivamente, muito para onde nos perdermos e aventurarmos! Algumas pessoas vêm até ao parque e ficam uma semana mas eu consegui fazer (mais ou menos) tudo o que tinha em mente, usando o carro para me deslocar nas distâncias entre locais. Algumas pessoas também vos vão dizer que necessitam de uma tour mas eu recomendo vivamente que não o façam, desde que tenham carro. Desta forma ficam com mais liberdade de fazer as coisas que querem apenas e ao vosso próprio passo.

Halls Gap é a vila principal ali da zona, onde poderão encontrar um pequeno supermercado, alguns restaurantes e todas as lojinhas de conveniência. O restaurante que vos aconselho a ir, para comer um tipo de comida mais saudável (e que eu acabei por ir nas duas manhãs que lá estive), é o Livefast Cafe. A comida e o café são deliciosos! Comi uns ovos numa das manhãs e na outra, no meio da frescura da manhã, umas papas de aveia de abóbora souberam como o céu!

Então a minha lista dos sítios a ver pro aqui foi:

- Caminhada até ao Boroka Peak

- Ir até às cascatas MacKenzie

- Reed Lookout

- Pinnacle

- The Balconies

Não sinto que perdi muito por ter feito tudo num dia, porém, claro que foi tudo feito num passo mais acelerado e menos de relaxamento como quem tem todo o tempo do mundo. Contudo, se tivesse tido esse tempo, gostaria de ter repartido tudo em dois dias, em vez de um apenas; só para não ter de sentir que tinha o tempo mais ou menos controlado. - até porque no fim do dia, a distância que acabamos por fazer em quilômetros, nas caminhadas, foi uma coisa maluca, ahha!

Great Ocean Road:

Este ponto aqui.. wow! Pode-se dizer que é outro certo tirado da lista das coisas a ver na Austrália! E não poderia ter uma roadtrip completa no meu cardápio sem fazer esta estrada toda. Saímos dos Grampians e até ao começo da Great Ocean Road foram cerca de 3hs. Por isso, assim nos levantamos cedo o suficiente para termos a certeza que viamos os pontos todos do nosso interesse com tempo e para acabarmos o dia pela zona de Kennett River, na preparação da manhã seguinte!

Deixem-me dizer-vos que, honestamente, nunca pensei que fosse encontrar tantos turistas por aqui.., não me perguntem porque mas nunca me ocorreu. Entretanto, depois apercebi-me que era fim-de-semana e que as vistas eram realmente cénicas e as coisas começaram a fazer sentido na minha cabeça.., ahah!

Por isso fui à caça dos seguintes pontos de interesse:

- The Loch and Gorge

- The 12 Apostles

- The Gibson Steps

- Apollo Bay

No fim do dia, como tínhamos planeado dormir por Kennett River, foi até lá que nos dirigimos. O nosso objetivo era acordar cedo e ir à procura dos Koalas selvagens que habitam a estrada de Kennett River e interagir com os famosos pássaros de Melbourne. Queríamos fazer tudo isso pela manhã, antes que os autocarros das tours, cheios de turistas começassem a chegar. E assim foi, sucesso! Com muita paciência consegui avistar três koalas nas árvores! Tudo o que precisam para esta actividade é apenas, bom tempo, boa visão (uns binóculos também tinham ajudado bastante) e muita, muita paciência! Divirtam-se e tentem fazê-lo antes daquelas multidões invadirem o sítio - a percepção pode ser bastante diferente. Nós começamos por volta das 9 da manhã em ponto e resultou.

Depois disto, esperavam-nos mais algumas horas de estrada. Porém a grande parte do bolo da roadtrip acabava aqui. Fizemos mais alguns quilômetros por Sydney mas nada que se comparasse com os últimos dias. Melbourne foi o nosso próximo destino, onde comemos tudo o que podíamos! Digam-me se necessitam de qualquer outra informação e vejo-vos em Melbourne, na minha próxima publicação!

Vemos-nos no nosso próximo encontro. Beijinhos, Sara.


RECENT POSTS
THE
  • White Instagram Icon
  • White Facebook Icon
  • White Pinterest Icon
  • White Yelp Icon
  • mail-logo-white

All rights reserved. © 2019 THE Saraffair.